Plano de Recuperação de Filmes Argentinos


Baseada na informação recolhida entre todos os diretores e titulares representados (mais de 1.125 até hoje), o que basicamente envolve todos os trabalhos cinematográficos, a DAC pôde determinar o estado real e alarmente de preservação da herança audiovisual argentina. Esses trabalhos devem ser salvos, tanto aqueles que foram originalmente gravados usando filmes negativos de 35 ou 16 mm , assim como aqueles gravados digitalmente e armazenados provisoriamente nos mais diversos, instáveis e inseguros formatos de mídia.


Confrontada com essa situação a DAC analisou várias opções com a participação tanto do setor público quanto do privado a fim de implementar o PLANO DE RECUPERAÇÃO DE FILMES ARGENTINOS (PLAN DE RECUPERACIÓN DE PELÍCULAS ARGENTINAS). Trabalhos que estão atualmente extinguindo-se e não podem mais ser exibidos com o cuidado de restauração adequado e remasterização 4K, com a mais alta qualidade internacional, para que então sejam “trazidos de volta à vida”, exibidos e vendidos nos mercados nacional e internacional por todo o mundo. Sem barreiras limitantes, com a lógica e subsequente geração e renovação de rendimentos a seus produtores, assim como, os direitos autorais para os autores, em diferentes áreas.


É uma tarefa extremamente difícil, porém absolutamente imperativa, porque nosso cinema praticamente desapareceu das telas 2K em todo o mundo, pois é praticamente todo em formato SD (PAL) e tampouco tem uma taxa de proporção de 4:3. Vale a pena notar que, para ganhar perspectiva, o sistema PAL tem uma resolução de 0,4 Megapixel, em comparação com a resolução em Megapixel FullHD e UltraHD de 2 e 8, respectivamente. Ou seja, a maioria dos filmes argentinos, no presente momento, tem uma qualidade que é 20 vezes menor que a do UltraHD em seu formato original.


Nós temos que fortalecer nosso cinema, para que os trabalhos de seus criadores e autores audiovisuais, possam continuar tendo êxito e competir no mesmo nível com os demais trabalhos mais tecnicamente desenvolvidos. Para que possam, então,gerar todo o potencial para benefícios culturais e financeiros nos mais diversos tipos de tela e meios, incluindo os maiores níveis nacionais e internacionais.


Propomos começar uma jornada para recuperar e restaurar os filmes Argentinos, modernizar e reforçar os trabalhos audiovisuais da nossa cinematografia, o que também vai preservar os direitos autorais dos filmes, os quais deixaram de ser emitidos devido às mudanças tecnológicas e à maneira que são exibidos.

Entendemos que se trata de uma tarefa essencial, porque já se vão 17 anos que a lei foi aprovada e 6 anos desde que o decreto regulador foi assinado, e ainda não existe nenhum Arquivo Nacional de Cinema ou política oficial sobre a restauração e preservação da herança audiovisual em nosso país.

Em mais de 100 anos de história do cinema, os formatos e meios usados para fazer e apresentar filmes mudaram drasticamente.


As características do sistema de projeção, exibição e registro mudam a cada ano. Por esse motivo, é importante restaurar todos os filmes em resolução 4k parq que retornem à vida e dar-lhes a chance tecnológica e comercial de serem exibidos ao redor do mundo hoje e no futuro.


For more information visit: www.recuperar.org


#audiovisualheritage #DAC #preservation #Recover