Personalidades da Diretores UK assinam carta aberta pedindo solução do litígio da Picturehouse

Várias personalidades da Diretores UK, incluindo nosso presidente Steve Smith e CEO Andrew Chowns, assinaram uma carta aberta pedindo aos cinemas da Picturehouse para resolver o litígio relacionado ao custo de vida em Londres.

A Picturehouse e Cineworld atualmente pagam aos trabalhadores do cinema £9,30 em Londres e £8,36 em outros lugares do Reino Unido. Isso está abaixo do valor de £10,20 e £8,75 respectivamente recomentados pela Living Wage Foundation. Trabalhadores em greve podiam ser vistos por todo Festival de Cinema de Londres, e a carta afirma que isso “nos mostra o impacto negativo desse litígio na indústria.”


A carta, que foi enviada às cadeias de cinema em questão e publicadas por Screen International, também afirma que seus signatários estão “profundamente convencidos sobre o impacto negativo que esse litígio promoveu em nossa indústria e negócios nos últimos três anos” e demanda que a Picturehouse e a Cineworld°”recuem na negociação com BECTU sem mais atrasos.” A carta também reconhece o importante papel desenpenhado pelos trabalhadores do cinema, assim como seu direito a formar um sindicato e reivindicar salário mínimo.


A lista de signatários também inclui os membros da Diretores UK Kate Kinninmont, Tim Fywell, Sarah Gavron, Tom Harper, Ken Loach, Gillies MacKinnon, Michael Pearce e Sally Potter.


Read the full letter and list of signatories.

Source: www.directors.uk.com

#Paydispute #UnitedKingdom