Brasil: Sociedades Audiovisuais recebem autorização para arrecadar e distribuir direitos de autor

Após um longo caminho percorrido na defesa dos direitos autorais no Brasil, os autores audiovisuais das sociedades DBCA – Diretores Brasileiros de Cinema e do Audiovisual, e a GEDAR – Gestão de Direitos de Autores Roteiristas, obtiveram neste mês de dezembro a autorização para seu funcionamento como sociedades de gestão no território brasileiro.

Sylvio Back– Diretor – Roteirista

Présidente DBCA

Antônio Carlos da Fontoura– Diretor

Vice-Presidente DBCA

Ricardo Pinto e Silva– Diretor

Secretário Geral DBCA

Guilherme de Almeida Prado– Diretor

Tesoureiro DBCA


Marcilio Eiras Moraes– Roteirista

Presidente GEDAR

Thiago Dottori– Roteirista

Vice-Presidente GEDAR

Sylvia Tereza da Palma de Mello– Roteirista

Secretária Geral GEDAR

Rafael Leal– Roteirista

Tesuoreiro GEDAR


Os autores audiovisuais das sociedades de gestão engajadas na defesa dos direitos autorais foram convocados neste mês de dezembro para uma reunião com o Secretário dos direitos autorais do Brasil, que anunciou a autorização para que as sociedades de gestão coletiva DBCA (Diretores Brasileiros de Cinema e do Audiovisual) e GEDAR (Gestão de Direitos de Autores Roteiristas), possam arrecadar e distribuir direitos autorais a seus autores associados na República Federativa de Brasil, como também – e através de acordos internacionais, para as sociedades irmãs que representarão no Brasil os autores audiovisuais de todo o mundo.

Este é o resultado de uma longa luta pela proteção de seus direitos que os diretores e roteiristas audiovisuais brasileiros estão realizando não apenas nacionalmente, mas também na América Latina que, ano após ano, alcançou níveis regionais de crescimento muito elevados, e que foi liderada e suportada tanto técnica como economicamente pelas alianças latino-americanas ADAL (Aliança de Diretores Audiovisuais Latino-Americanos) e ALGyD (Aliança Latino-Americana de Roteiristas e Dramaturgos).

Celebramos o avanço cultural que o Brasil teve, destacando, sobretudo, a luta de seus autores, e sendo um exemplo a seguir na região da América Latina.


#BRASIL #DBCA #GEDAR