A Aliança Eurasiana de Autores Audiovisuais foi formada

Após anos de trabalho e pesquisa de autores russos, bielorrussos e azerbaijanos, em novembro de 2018 o Conselho Executivo da W&DW – Writers and Directors Worldwide, composto por 10 autores mundiais e seus colegas membros, reuniu-se na cidade de Moscou, sendo um passo fundamental para que os autores da região da Eurásia expressem seu total apoio na luta pelos seus direitos.

Como resultado de tão importante passo, o presidente da W&DW, Horacio Maldonado, e o vice-presidente, Yves Nilly, foram convocados para uma reunião pelas autoridades do Departamento de Direitos Autorais do Ministério da Cultura da Federação Russa, com quem concordaram sobre a necessidade de defender os autores e expressaram seu total apoio.

Writers and Directors Worldwide llegó a la Federación Rusa y el próximo Congreso Anual de esta organización internacional se realizará en Moscú en marzo de 2019

Assim, a colaboradora regional para a Federação Russa e Países da Região – Silvana Jarmoluk – em conjunto com a ADAL – Aliança de Diretores Audiovisuais Latino-Americanos, a FESAAL – Federação de Sociedades de Autores Audiovisuais Latino-Americanos e com o apoio do diretor geral da sociedade RUR – Russian Union of Right-Holders, Andrey Krichevsky, e o subdiretor e chefe da área Internacional, Erik Valdés-Martines, decidiram realizar o Congresso Anual da W&DW na cidade de Moscou, de 25 a 27 de março de 2019.


Este Conselho Internacional de Criadores de Obras Dramáticas, Literárias e Audiovisuais reuniu-se com o objetivo de fortalecer a região e os direitos autorais, colocando seus objetivos no território russo, bielorrusso e azerbaijano, a fim de transmitir as ações realizadas em todo o mundo e as campanhas de remuneração justa para os autores em defesa dos direitos autorais.

SIN PRECEDENTES: Los Autores del mundo reunidos en la ciudad de Moscú tras un nuevo Congreso Anual de Writers and Directors Worldwide

O ano de 2020, em que o mundo viveu a pandemia da COVID-19, não parou os nossos esforços e depois de meses de conversas e debates junto aos autores representantes das diferentes alianças e federações internacionais, que explicaram a função que desempenham e a necessidade da criação de um quadro de cooperação com a região da Eurásia para que esta receba a ajuda e o apoio necessários para seus autores, assinamos um convênio com quatro entidades irmãs no dia 09 de abril de 2021, através de uma reunião virtual que contou com a presença dos diversos representantes das alianças da América Latina, África, Ásia-Pacifico e Europa, dando as boas-vindas à nova aliança formada.


A Aliança Eurasiana de Autores Audiovisuais é composta pelas seguintes associações:

1. República da Bielorrússia: a União Bielorrussa de Roteiristas e Diretores (BSSR), localizada na cidade de Minsk, República da Bielorrússia, cujo diretor executivo é Sergei Nikolayevich Girgel

2. Federação Russa: SRL “Guild of Screenwriters”, Moscou, Rússia, cuja diretora geral é Elena Raiskaya, que também é presidente do Sindicato de Roteiristas da União de Cineastas da Federação Russa.

3. Federação Russa: Associação Russa de Diretores de Cinema e Televisão, Moscou, Rússia, representada por seu diretor executivo Dmitry Davidenko.

4. República do Azerbaijão: Sindicato de Diretores de Cinema do Azerbaijão (AzDG) com sede em Bakú – Azerbaijão, representada por seu presidente Huseyn Mehtyev.


Durante a apresentação da videoconferência, o presidente do Sindicato de Cineastas do Azerbaijão, diretor de cinema e roteirista Huseyn Mehdiyev, destacou: “esperamos que a Aliança Eurasiana de Autores Audiovisuais contribua para a criação de condições e mecanismos para uma proteção mais eficaz dos direitos autorais de diretores e roteiristas membros da aliança em todo o mundo. Com o desenvolvimento dos meios de comunicação de massa e das novas tecnologias, formas e métodos digitais, a utilização de obras audiovisuais aumenta a cada minuto e isso torna a criação da nossa Aliança especialmente importante e promissora”.


Por outro lado, a presidente da Guild de Roteiristas da Federação Russa destacou: “a criação da Aliança de Sociedades Audiovisuais de Autores Eurasianos é um novo passo importante na luta dos roteiristas e diretores por uma remuneração justa. Espero que a aliança se transforme em uma organização influente que acelere a adoção das mudanças necessárias na legislação de nossos países”.


Estas declarações enfáticas encerram uma fase de descrença que geralmente ocorre entre autores audiovisuais que duvidam de seu poder de obter uma remuneração justa de seus direitos autorais e começam a compreender o poder das alianças entre sociedades irmãs em todo o mundo.